Desejo

Não desejo que te seja dada a carga mais leve; nem que seja o mais plano o teu caminho. Porque as vantagens de hoje podem enfraquecer o caráter, gerando o sofrimento de amanhã.

Nem que a vida te ofereça apenas as frutas mais doces. Porque é preciso que conheças todos os sabores, para que possa aprimorar-se o teu paladar; só quem conhece o castigo da sede, pode avaliar a dádiva da água.

Não desejo que sejas a mais bela. Porque a beleza do corpo não passa de uma ilusão dos sentidos e a vaidade está entre os maiores perigos que enfrenta o nosso verdadeiro Eu.

Não te desejo muitas posses, nem a ilusão da riqueza. Porque não é nos bens materiais que encontramos a felicidade, mas na paz interior, que nos reconduz ao Coração do Universo.

Desejo, sim, que possas percorrer o teu próprio caminho. E que te possamos ajudar, ao menos no início da jornada. Pois outro não deve ser o anseio daqueles que amam.

Que o amor esteja sempre em teu coração. Porque ele te indicará o rumo certo, guiando os teus passos para as melhores escolhas. E, ainda que por vezes te faça chorar, também fará nascer em teus lábios os mais doces sorrisos.

Que a honestidade possa sempre estar em ti. Para que não conheças o medo que acompanha a mentira, nem precises esconder os teus pensamentos atrás de palavras vazias.

Que o carinho dos entes amados te envolva. Porque nada pode existir de mais triste que a solidão absoluta; e ninguém atravessa o deserto de suas carências sem fortalecer-se, ainda que por instantes, no oásis da companhia.

Que ames e respeites a teu pai e tua mãe. Pois com amor te fizeram nascer e sempre te haverão de proteger, como a planta protege a semente que um dia trouxe ao mundo.

Que esteja tranquila a tua consciência. Pois outro não é o segredo das noites bem dormidas, da confiança no futuro e da alegria de viver, que se renova nos justos, a cada nova manhã.

Que sempre te encantem as flores, as canções, as paisagens e os aromas; a beleza, sob todas as suas formas. Para que não fale apenas ao teu corpo, mas possa alcançar o teu verdadeiro Eu.

Que sejas capaz de apreciar o nascer do sol e a magia do crepúsculo; o cheiro da terra molhada e o encanto selvagem do deserto. Porque assim descobrirás que a Vida se renova em todos os dias e existe em todos os lugares.

Que possa a Fé preencher a tua alma. Porque aquele que crê não conhecerá o desespero, mas encontrará em cada filho a certeza da existência do Pai, que provê a todas as nossas necessidades.

E haverá de acompanhar-te, querida, por todo o caminho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s